proa e vela

cada suspiro é uma remada

Mês: dezembro, 2013

um passo adiante.

a cada coração partido um passo adiante
quando percebi, tinha ido longe demais
o mais-que-perfeito indicativo composto
que trazia o gosto do que não volta mais

conjuguei os teus verbos em minha memória
pra entender a história do seu partir
pedi pra não ir, mas era meu passo à frente
contra tua corrente que deságua no cais

já percorri quilômetros vazios no mundo
e por quase um segundo pensei me encontrar
ancorada num porto do mar mais tranquilo
mas quebrei o sigilo do teu jeito de amar.

“um passo adiante,
dois passos pra trás” – você me disse
“é só assim que se chega a algum lugar”.

Anúncios

Meninas de dezembro

As meninas de dezembro
sentadas nos bares,
nas mesas da calçada.

Cada brisa derradeira
me dá mais uma ideia errada.

Secando o suor dos seios
com os decotes de seus vestidos
estampados e veranicos,
e comprimentos perfeitos.

As meninas de dezembro
e seus desejos de verão:
mais uma cerveja gelada
e um amor pra dizer não.

quero decorar cada milímetro da sua pele
em minha memória tátil,
e como se fosse fácil
te ler em braile.

me alimentar do gosto doce das tuas costas
da malícia em tua boca
pra que você sempre me ouça
perder os sentidos.