no soro.

por daniellecruz

não é um pé ou um coração torcido que me impedirá de andar mais um quilômetro
não são teus tapas na minha cara que vão silenciar esse grito rouco
se existe algo maior que nós, e eu acredito em tudo
se há essa força invisível que controla o meu mundo louco

e eu calei a minha dor porque aquelas horas eram tuas
e eu nunca disse adeus ou te contei que eu morria
aos poucos enquanto nossa vida se afastava

que teu sorriso era melhor que dias de terapia
sentada numa cadeira gelada distraída pelas gotas
do soro que percorria minhas veias com urgência
dos beijos inexistentes em minha mente perturbada
do teu corpo no meu corpo, do teu sangue em minhas entranhas
e as tuas dores que eu senti quando nem você sentia

não te disse nada, não era meu direito
não te disse que ia embora porque havia algum motivo
então vi o chão se abrir abaixo de tuas pernas
e te perdi naqueles dias em que nada fazia sentido
nem minhas palavras mudas ao pé de teu ouvido

meus pedidos de ajuda constantemente ignorados
nem se eu dissesse que te amava muito mais do que podia
nada me impediria, meu amor
porque eu iria.

Anúncios