galego

por daniellecruz

você me faz querer demais sair de órbita
não sei quem sou, pra onde vou,
não há mais sentido
e as palavras vêm sempre fáceis pra você
me confundindo

eu poderia amar teu corpo pra sempre
e repousar morta em teus braços
quando finalmente tomasse teus poros
quando te devorasse por dentro

você se vai, vem e se faz coisa ou outra
e esse ardor, todo torpor
poderia ter sido
e teria sido mais fácil não te conhecer
me distraindo

eu poderia querer teus olhos pra sempre
e me perder solta nos teus reflexos
quando finalmente você fechar os olhos
quando te conhecesse inteiro

Anúncios